COM CHAVE DE OURO – FORMARAU-FORMIDÁVEL


Assim foi a ultima noite de apresentações de mais um FORMARAU.

O encerramento da sétima edição aconteceu na noite de ontem, sábado, num clima de muita emoção e sabor cultural.

A comunhão teatral teve início com a intervenção cênica “Caminhos, pés e histórias umbilicais” de Thiago Cohen e Tiago Ortaet, numa encenação de dança-teatro baseada em técnicas de Pina Baush e Rudolph Laban.

A apresentação trouxe narrativas corporais intensas e cheias de ritmo revelando poéticas entre os ciclos do nascer/morrer.

Pela primeira vez a Trupe Ortaética ousou em colocar uma criança de apenas 3 anos em cena, Otávio Ortaet participou das cenas finais do “Caminhos…” além disso, a trilha sonora com canções de Tom Zé e ritmos indianos foram bastante elogiadas.

Logo em seguida tivemos a apresentação de videos com as memórias desse projeto complexo e intenso. Os videos foram editados pela BOX MÍDIA TV e relembraram diversos momentos de existência do coletivo Ortaética.

A esquete teatral “Blind cÉgo” da fotógrafa Ana Viviane Minorelli foi a apresentação da vez com um tom de IRONIA muito grande em considerações sobre o consumismo.

O cilo de apresentações da noite contou com a cobertura fotográfica de Paulo Segura e equipe; também com a iluminação de Claudionai Izídio e Sonoplastia de Carlos Dedão, tivemos ainda a honrosa colaboração do Vinícius nos bastidores, a quem muito agradecemos pela parceria.

Continuando a celebração entre amigos, recebemos em nosso palco o grupo de cultura popular “PÉS DESCALÇOS” que encantou a platéia e colocou o povo pra dançar no próprio palco.

Isso é a cara da Trupe!!!

O coordenador Tiago Ortaet expôs partes do processo de criação de ambos os grupos, citou desafios, fez elogios e agradecimentos, fez um panorama do projeto e se emocionou com tantos desafios vencidos.

E pra encerrar a noite com chave de ouro eis que havia chegado o grande momento do grupo de teatro e multimídia da Trupe Ortaética brilhar no palco, provocar a platéia e fazer pensar.

Com texto base de Sol Borges e valiossímas contribuições de Kaliane Miranda e John Robert, o espetáculo com mais de 35 atores arrancou por diversas vezes aplausos da platéia ao longo da apresentação. Não há termômetro melhor para medir o interesse dos espectadores no resultado exposto.

Rir e chorar é consequência de um trabalho incansável e agregador; assim foi esse formarau, essa noite, essas pessoas, a quem devo todo meu respeito por saberem CONVIVER, INTEGRAR, TRABALHAR EM GRUPO, JOGAR JUNTO, DEFENDER UMA PROPOSTA, PERCEBER, SER CRITERIOSO SEM SER ARROGANTE, SER ENTUSIASTA NO COLETIVO, enfim, como disse um dos alunos num de seus relatórios semanais “o jeito de ser TrupeOrtaética”

Muito obrigado a todos envolvidos, desde as ascenssoristas dos elevadores, passando pelos seguranças, pessoal da limpeza, secretária, departamento de imprensa, fotografia, luz, som, aos amigos que nos ajudaram nos camarins, no palco e no prestígio de podermos contar com gente tão enriquecedora.

Valeu cada minuto!

Que venha 2012, estamos prontos!!!

Anúncios

SÁBADO, DIA 26/11 A PARTIR DAS 19H ÚLTIMA NOITE DA MAIOR EDIÇÃO DO FORMARAU


Não dá pra perder!!! A ultima noite de apresentações do nosso VII FORMARAU será repleta de alegria, poesia e emoção.

Teremos Dança Contemporânea, Ballet, Teatro, Performances, Intervenções, Videos sobre os processos de criação, Música Popular e apresentação de espetáculo teatral.

É nesse sábado, dia 26 de Novembro! Vem com a gente!!!

2ª noite do FORMARAU 2011 revira o tempo com a turma MÓDULO II


Um grupo bastante heterogênio em todos os sentidos, assim é a turma de teatro módulo II da Trupe Ortaética que conta com a presença marcante de mais de 25 componentes.

Na noite de sábado eles transformaram o prédio do Palácio do Trabalhador, sede do Sindicato dos Metalúrgicos, na região central de São Paulo, num velho hotel onde uma misteriosa aventura aconteceu.

Dizer que eles tomaram conta do palco não seria suficiente, pois utilizaram diversas dependências do prédio, desde o saguão principal, as escadarias, até o mezanino do auditório para proporcionar ao publico um realismo inspirador.

A turma apresentou o espetáculo “O cheiro do tempo” de Thais Aguiar, como resultado do processo de montagem, após mais de 8 meses de pesquisas e ensaios.

Tivemos um publico muito bom que se contagiou com os questionamentos dos personagens.

Nossos profundos agradecimentos a toda equipe que colaborou direta ou indiretamente na construção de mais esse trabalho; principalmente ao Sindicato por acreditar no trabalho.

Essa é mais uma turma do projeto Trupe Ortaética, que destina-se a fomentar as artes cênicas e formação de publico em São Paulo, atuando com oficinas de arte em diferentes turmas. Há 4 anos nos reciclamos para termos entre nós as melhores cabeças que pensam o teatro e suas relações sociais.

Parabéns a todos!

1º dia do FORMARAU – PARABÉNS A TURMA DE ADOLESCENTES


Parabéns aos adolescentes que fizeram parte da Trupe Ortaética durante todo o ano de 2011 que nessa ultima noite de sexta-feira brilharam em nosso palco com o espetáculo “DEU A LOUCA EM CHONOS”.

É importante e necessário ver o empenho, o protagonismo, a dinâmica e principalmente a emoção de cada um dos envolvidos nessa história teatral; só por esses sentimentos já valeu demais. Sem contar as pesquisas, o entusiasmo e o aprendizado.

O projeto Trupe Ortaética mais uma vez cumpriu seu papel de popularizar as artes cênicas, oportunizar aos jovens esse primeiro contato com o teatro, oferecer problematizações cotidianas de um grupo de teatro para serem resolvidas no coletivo, enfim, estabelecer contato com profissionais na formação de platéia.

Que esse espaço de trocas simbólicas tenha sido bem aproveitado por todos.

Se encerra mais um ciclo, para muito em breve começar outro!

A Trupe se renova sempre e está de portas abertas para as pessoas de coração aberto. SEJAM SEMPRE BEM VINDOS!

Obs.: Em breve apresentaremos as imagens

LANÇADO O GRUPO MULTIMÍDIA DA TRUPEORTAÉTICA


A recente iniciativa do jovem (e muito responsável) Angelo Martins e seus amigos teatrais Joelson Barros e Renato Oliveira há pouco mais de 2 meses em formar um GRUPO para pensar a identidade visual da Trupe Ortaética como um todo é admirável.

Os esforços que seriam fomentados mais intensamente em 2012 e certamente agregados a outros tantos, quis o destino e as cartas do jogo teatral que já se fortificassem agora com uma necessária composição de folder.

Eu já havia me encantado com a disposição e com os experimentos realizados e postados no grupo virtual do facebook, mas não poderia eu creditar aos meninos que realizassem o material dessa edição do FORMARAU pois já havia combinado anteriormente com outro alguém.

Como não houve possibilidade de acontecer como então havia sido combinado, fico feliz em poder contar com essa força sempre renovada!!!

Muitobrigado e Parabéns aos que tentaram, aos que pensaram e principalmente aos que realizaram!!!

Pensar coletivamente é via de regra desse caminhar ortaético, afinal somos um coletivo!

Boa noite!!! 

O cheiro do tempo se espalhará na platéia da TrupeOrtaética


Uma canção em homenagem ao processo de criação da turma módulo II, representada pela Aline Kátia, uma pesquisadora das poéticas teatrais na TrupeOrtaética há anos, com ela, uma turma de investigadores, com faro, dessa vez para o tempo que desperta em cada um de nós…

Disse Aline: “Durante o processo assistimos vídeos de filmes, obras de arte de vários artistas. Em 28/05/11 assistimos: trechos de Dogville, imagens de Escher. Em julho fiz um seminário em grupo sobre tempo cronológico, falamos de mitologia, calendário e relógios antigos e modernos. Em 17/09/11 fizemos leituras de autores como Antonin Artaud sobre surrealismo. O VI Formarau em 16/07/11 e a ida ao GIV Grupo de Incentivo à Vida em 17/09/11 foram oportunidades de jogar, de criar, improvisar. E cada um recebe conforme o quanto consegue se entregar ao processo. Há um grupo no facebook onde são postados recados, referências de imagens, figurinos, filmes, e etc. assim temos um pouco de tempo a mais juntos durante a semana para pensar em coisas da peça. Durante o processo o pessoal compartilhou as gêneses por email. Busquei assistir filmes indicados sobre tempo: Meia noite em Paris, A origem, O brilho eterno de uma mente sem lembranças, Ligações Perigosas… acredito que no final eu tenho mais para agradecer do que para reclamar. São pequenas ações que mostram isso.

 

COMUNICADO IMPORTANTE SOBRE A RETA FINAL


Boa tarde a todos, que a energia necessária para teatralizar a vida emane sobre vossas cabeças…

Neste sábado, dia 12/11/2011 a turma de Teatro módulo II e a turma de Dança-teatro farão uma troca de espaços de ensaios no prédio. Conforme combinado, entre a professora e coordenação, há 7 dias atrás, a turma de dança, necessita desse revezamento para conhecer o palco da apresentação do FORMARAU que se aproxima.

Esse revezamento aconteceria semana passada, mas sabendo da vinda do diretor teatral convidado para analisar o profundo trabalho de pesquisa da turma módulo II o revezamento foi justamente postergado pela coordenação.

Portanto os integrantes da turma módulo II podem ocupar o 8º andar excepcionalmente neste dia.

*OS CERTIFICADOS DOS PARTICIPANTES DESSE ANO JÁ ESTÃO SENDO PREPARADOS E ASSINADOS PARA SEREM ENTREGUES NO DIA DE CADA APRESENTAÇÃO DO FORMARAU.

Merda a todos!!!

VII FORMARAU


Trupe Ortaética de Teatro Comunitário

&

Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo

 

Apresentam

 

VII FORMARAU

Dias 18, 19 e 26 de Novembro de 2011 a partir das 19h

Palácio do Trabalhador – Auditório Paulo Pereira da Silva

Rua: Galvão Bueno, 782 Liberdade (próximo ao metrô São Joaquim)

Entrada gratuita. Estacionamento no local

 

Dia 18/11 às 19h

Turma de Adolescentes da Trupe Ortaética

Deu a louca em Cronos

Espetáculo Teatral

1h e 20min.

Direção: Thais Aguiar

Uma comédia inspirada em contos da mitologia grega onde dois grupos de adolescentes de diferentes épocas, um de escoteiros e outro participante do concurso Miss Vaidades da década de 60 acabam se encontrando em Cronos, ou melhor, no Tempo. A confusão está instaurada e a partir daí na tentativa de voltarem para suas épocas, os adolescentes se vêem obrigados a consultar o oráculo e recebem o desafio de enfrentar monstros e dialogar com deuses.

 

Dia 19/11 às 19h

Turma Módulo II da Trupe Ortaética

O Cheiro do Tempo

Espetáculo Teatral

1h e 20min

Direção: Thais Aguiar

Direção Musical: Paulo Gianini

Vinte e três atores dão vida a personagens excêntricos, tendo como trama principal o Tempo: de vida, de morte, de sonhos, de lembranças, de instantes, de dia, de noite, de dimensões, de coisas ditas e não ditas. A peça se inicia com a chegada desse personagens a um hotel onde vivenciam situações que beiram o absurdo. “Agora me diz: que cheiro tem o tempo?”

 

Dia 26/11 às 19h

Turma Dança-teatro da Trupe Ortaética

Caminhos, pés e histórias umbilicais

Performance teatral

20min

Criação: Tiago Ortaet e Thiago Cohen

Experimentações em Dança-teatro e pesquisas corporais embasadas em Pina Baush e Rudolph Laban dão suporte para temáticas e poéticas do cotidiano, como os limites entre nascer/morrer e outras provocações estéticas.

 

Dia 26/11 às 19:30min

Turma de Fotografia da Trupe Ortaética

Blind – cEGO

Performance teatral

20min.

Criação: Ana Viviane Minorelli

Monólogo que se utiliza da simbologia para abordar o consumismo egoísta e desenfreado que está assolando o planeta terra.

Dia 26/11 às 19:30min

Turma teatral e multimídia da Trupe Ortaética

Pátria que me pariu

Espetáculo Teatral

50min.

Texto e Direção: Sol Borges

Preparação de Elenco: Tiago Ortaet

Colaboração: Alunos turma A Primeiro semestre

A peça inspirada na obra de mesmo nome do cantor “Gabriel Pensador” trás a história de Daniela, uma adolescente que cansada de viver vigiada pelos pais, sai de casa para adentrar o mundo da prostituição. Através de diálogos, danças e uma pitada de comédia relatam diferentes opiniões da sociedade quanto ao problema da exclusão social.