Tiago diretamente da África…


Tem sido muito boa a estada aqui, mas com alguns percalços, como por exemplo o acesso a internet que não é tão fácil assim… O hotel que estou parece hotéis de cuba, pelo que li e vi na net, muito rústico, simples, mas limpo pelo menos… Enfim encontrei um lugar mais quente que fortaleza, me parece que o sol se esconde aqui, pois é muito, mas muito quente, tô derretendo literalmente…
Pois aqui o que achei interessante é a educação das pessoas nas ruas, não há semáforos, nem faróis, se pisamos nas ruas a preferencia é do pedestre e tanto ônibus quanto carros param para passar.
As praias são maravilhosas, mas nem entrei na água ainda, só caminho na orla. As formações rochosas daqui são vulcânicas, inclusive tem um vulcão aqui bem perto, mas está inativo a dezenas de anos (ainda bem, não vai ser agora , só por que vim aqui com essa finalidade profissional que ele vai cuspir fogo rsrsrsr)
Gostaria muito de visitar uma escola publica aqui como havia dito desde antes de sair do Brasil, mas esse mês é o periodo de férias dos jovens de Cabo Verde, justamente por causa do calor excessivo.

Aqui já comi bombom de beterraba, pastelzinho de polvo, peixada no palito, catchupa, suco de ibiscus e fanta de maracujá…
A viagem da ilha de são pedro para a ilha que estamos agora (São Vicente) foram 50 minutos de voô num avião teco-teco (parecia aqueles aviões velhos de filme do Stalone rsrsrs)… mas correu tudo bem… imagino que com tanta oração de minha mãe e com tanta energia positiva dos que amo daí (vcs principalmente) não havia mesmo de acontecer algo errrado.

Ainda visitaremos a ilha de santo antão na sexta, onde conheceremos um projeto de arte e cultura do local.
Tenho conversado com uns visitantes do congresso que parecem ser gente do bem,,, Pillar da Espanha, Teresa do Porto, Jorge de Cabo Verde e um professor Dr. em artes do ceará. inclusive tenho tirado algumas duvidas com a Prof Dra Ana Mãe do Brasil sobre a arte\educação contemporânea que proponho na trupe como metodologia e fiquei feliz por ter acertado na maioria das questões com pequenos ajustes que os farei em meu regresso.
Pra telefonar tenho tido a maior dificuldade, por isso não tenho ligado. Nem vi tv ainda por que otem estava exausto ainda reflexo das viagens de SP – Fortaleza   +  Fortaleza – Praia (Praia é o nome da capital de Cabo Verde) e de lá pra cá.

Ainda no Brasil fui a casa de câmbio e troquei reais por euros (tbm aceito) , mas descobri que aqui compensa mais fazer o câmbio pela moeda local “escudos caboverdianos” vale mais a pena, pois as coisas são mais baratas assim…
Minha fala será na quinta, mas até lá participaremos de muitas palestras.

Estou fazendo amizade com um sujeito muito bacana, doutor em artes cênicas de Portugal, entreguei a ele nossos videos e portifólio e ele disse que adorou o trabalho.

Bjos e abraços para todos e logo to de volta…

Tiago Ortaet.

Anúncios

Um comentário em “Tiago diretamente da África…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s