TEATRO – CORPO


“O teatro é o estado, o lugar, o ponto onde se pode compreender a anatomia humana; com a anatomia humana se pode curar e dirigir a vida”.

A. ARTAUD

Anúncios

“CORPOS – A EXPOSIÇÃO”


PELA PRIMEIRA VEZ NA AMÉRICA DO SUL, “CORPOS – A EXPOSIÇÃO” SERÁ ABERTA, DIA 21 DE MAIO, NA OCA DO PARQUE DO IBIRAPUERA

Mostra já foi visitada por cerca de 15 milhões de pessoas no mundo

Depois de ser vista por aproximadamente 15 milhões de pessoas em cidades dos EUA e Europa – sendo três milhões em Nova York, onde está montada –“CORPOS – A Exposição” poderá ser visitada pela primeira vez na América do Sul. No dia 21 de maio, às 10h, a mostra será aberta em São Paulo, reunindo acervo com 20 corpos 250 órgãos reais, distribuídos em cerca de 9.000 m² naOCA do Parque do Ibirapuera.

Mudanças São duas as principais diferenças dessa exposição em relação à “Corpo Humano – Real e Fascinante”, anteriormente apresentada no Brasil. A primeira é que os visitantes verão os corpos expostos em poses que demonstram o movimento, como de um jogador de futebol, rugby, tênis e maratonista. Essas posições atléticas demonstram como o corpo funciona de dentro para fora simulando a atividade física.

A outra mudança diz respeito ao avanço do processo de dissecação. Em “Corpos – A exposição” são utilizadas as mais avançadas técnicas de dissecação e preservação polímera (polimerização), desenvolvidas pela equipe do diretor médico da mostra, Dr. Roy Glover (prof. emérito de Anatomia e Biologia Celular da Universidade de Michigan), conferindo maior realismo às peças.

“Nesse processo, o tecido humano é permanentemente preservado usando silicone emborrachado líquido, que é tratado e endurecido. O resultado final é uma amostra preservada em nível celular, demonstrando com perfeição a complexidade de ossos do corpo, músculos, nervos, vasos sanguíneos e órgãos”, explica Dr. Glover.

OCA – Parque Ibirapuera (Portão 3). Av. Pedro Álvares Cabral s/nº
Período: De 21 de maio até 8 de agosto.
Horários: de segunda à sexta das 10h às 20h (acesso à exposição até as 19h). Sábados, domingos e feriados das 9h às 20h (acesso à exposição até as 19h).

Recomendação etária: Livre (menores de 12 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou responsáveis).

Preço: Inteira – R$ 40,00 /  meia-entrada – R$ 20,00 /  De 0 a 2 anos grátis

Mais informações: http://www.corpos-sp.com.br

2ª FESTA DO TEATRO


Dia 25/05 entra no ar a programação completa

da Festa do Teatro 2010! Não percam!

http://www.festadoteatro.com.br/

São Paulo recebe a 2ª edição da Festa do Teatro

A segunda edição da Festa do Teatro traz uma novidade: a inclusão de peças infantis. Serão distribuídos gratuitamente mais de 30 mil ingressos para o público adulto e 10 mil para a criançada conhecer a magia teatral.

Os ingressos serão distribuídos para o público nos dias 27, 28 e 29 de maio em sete pontos da cidade.  Participarão mais de 160 peças em cartaz durante dez dias: de 28 de maio a 6 de junho. Para que muitos tenham a chance de participar, cada pessoa poderá retirar um par de ingressos.

O objetivo é promover e democratizar o acesso à rica diversidade da produção cênica contemporânea brasileira. Para isso, a Festa do Teatro 2010 acrescenta mais um posto de distribuição, para também atender a população da zona norte.

A Festa do Teatro é promovida pelo grupo Parlapatões, pela Chaim Produções e pela J.Leiva Cultura & Esporte e, mais uma vez, ressalta a vocação da cidade para a cultura.


O PODER DA GENTILEZA – INTERVENÇÃO TRUPE


Após vários ensaios, inspirados na canção “Gentileza” de Marisa Monte, a turma de A de interpretação formada por adolescentes da Trupe Ortaética, orientados pela professora Sol Borges, fizeram na tarde de terça-feira uma performance pelas ruas da Liberdade.

O álbum completo de fotos pode ser visto no orkut: Trupe Ortaética de Teatro no Sindicato

FOTOS: Vivi Minorelli

TRILOGIA DEGENERADA – VÍDEOS


A pedido de muitos alunos, segue material de divulgação da TRILOGIA DEGENERADA, da qual faço parte como atriz!

Espero por todos!

Bjs – Prof. Thais Aguiar.



Assista aos vídeos:

http://www.youtube.com/watch?v=Mc8VjqL37QE&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=P4S4VCMdbdI&feature=player_embedded

TEMPORADA 2010

sábados e domingos:

17h – Os Crimes de Preto Amaral

18h30 – Labirinto Reencarnado

20h – Re-bentos

*haveráintervalo de 30 minutos entre as peças. Podem ser assistidas individualmente ouno mesmo dia.

Local: Sede Luz do Faroeste – Al.Cleveland, 677 – Campos Elíseos / Contribuição voluntária – pague quanto puder – 25 lugares

Informações: 11-3362-8883 |trilogiadegenerada@pessoaldofaroeste.com.br


ALUNO, PORÉM POETA!


O que mais me admira na arte é  o olhar sensível que ela nos proporciona. Felizes somos nós artistas que não temos medo de falar o que temos no peito. Felizes somos nós que temos muito que dizer, surpreender e emocionar.

Na última quinta-feira, quatro dias após o dia das mães, um aluno (o Sr. Fernando Salgado) em meio à lágrimas nos leu esta poesia, relembrando os 10 anos do falecimento de sua mãe e, emocionou os demais alunos de contação de histórias.

FALANDO COM MINHA MÃE

Dez anos depois de sua morte, você ainda vive em meu coração. Vive, cada dia mais, não morrerá jamais. Parece-me que o quadro de sua vida, o panorama dos seus trabalhos, o cinerama de suas virtudes exigem distância, muita distância, o foco de dez anos, para que se veja e se saiba quem a senhora foi, quem é a pessoa de cada mãe.

Quanto mais cresço, mais falta sinto da senhora, mais necessidade tenho de ser seu filho. Antiquada em seus métodos, a vida ensina sabendo. Apanhando, o coração reflete, ajuíza, conclui, torna-se sábio, termina paciente e bom. Assim convertido, volta aos caminhos de outrora, os seus caminhos de mãe. Sim, viver é converter-se às velhas teses de uma idosa mãe.

A mais, com o andar dos anos, com a célica saturação do barulho, a gente reverte a paz dos grandes silêncios, ao silêncio das longas orações, à oração do confiado amor de Deus. Em tais alturas, onde moviam as mães, consegue-se ver claro o que a senhora fez, o que pode e, o que mereceu e o que merecem as mães.

Perde o atraso da minha descoberta, o que quase não deixa tempo para agradecer-lhe tudo que andou fazendo por mim. Velou-me a fonte da vida, embalou meu primeiro berço, teve anos de paciência, repetiu-me a cartilha da educação e os rudimentos da fé. Fez-se criança comigo, esquecida de tudo, lembrava apenas de mim. Agüentou calada, bondosa e firme os arroubos de minha adolescência, as naturais desconsiderações de minha juventude.

Assistiu feliz e prudente aos novos lares que iam surgindo dentro de nosso lar. De mãe cansada, passou a avó paciente, sabendo o seu lugar, contornando, conciliando em favor da paz, sempre na meta do amor.

Anos depois, velhinha, de passos prudentes e falas poucas, era a mansa encarnação da paz. Estátua viva da bondade, talhada em gesso velho. Parecia sempre ter muito que contar. Ela que tanto ouviu e viu, tanto aprendeu, tanto fez, tanto sofreu. O tempo que tão depressa passava, para ela parecia não passar, quando se punha a falar-nos do tempo que passou.

Ensine mar até o fim. Não desista de ser professora, que seu filho não para de ser aluno, nunca lhe faltando às aulas. Houve tempo que a senhora me falou muito de Deus. Houve tempo em que a senhora falou muito de mim a Deus. Hoje sem falar, a senhora me prova Deus, me pede e me ensina a encontrá-lo cada vez mais.

A luz da fé, esta única realidade que sempre vale na paulatina desvalorização da vida. Aceite minha gratidão. Perdoe o meu atraso. No fundo a senhora sabia que a gente venceria na vida porque jamais duvidou de nenhum dos filhos que Deus lhe dera. Filhos que dera de volta à Deus.

Essa rosa que te deixo, aqui em sua campa, sugere que fui espinho e que a senhora foi uma flor na minha vida. Errei trazendo uma rosa cortada, deveria plantar uma roseira aqui aos seus pés para que soubesse sempre o que penso da senhora e quanta gratidão lhe tenho. Agora, que amos se vêem, fale com Deus de mim, fale de nós, fale do mundo dos homens, fale de todos e de cada um dos homens do mundo.

Aula de Contação de Histórias Aluno Fernando Salgado, Prof. Sol Borges.

PARABÉNS!

ANTÍDOTO – ITAUCULTURAL


O poder transformador de projetos culturais diante dos diversos tipos de violência – social, étnica ou religiosa – é o mote do Antídoto – Mostra Internacional de Ações Culturais em Zonas de Conflito, produzido pelo Itaú Cultural em parceria com o Grupo Cultural AfroReggae desde 2006.
O projeto abrange mostras de filme, shows e debates, que tradicionalmente contam com convidados de diversas partes do mundo.
Programação 2010
Em 2010, o Antídoto recebe convidados dos estados de Fortaleza, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, e dos países Galícia, Guiné Bissau, Índia, Inglaterra, Irã, México, Moçambique, Paquistão, Reino Unido, República Democrática do Congo, Serra Leoa e Zâmbia.
O evento abrange shows, mostra de filmes e seminário, que debate o combate à violência por meio de iniciativas relacionadas à educação, à comunicação, à música, ao teatro e ao cinema.
Em 2010, o Antídoto chega com várias novidades.
O espaço Antídoto, na sede do instituto, faz uma retrospectiva do trabalho desenvolvido pelo projeto em cinco anos de existência, com fotos, vídeos e uma mostra de filmes. A programação também é estendida a outros lugares de São Paulo, como o centro da cidade, Capão Redondo e Cidade Tiradentes.
E, na internet, as mesas do seminário, que acontecem entre 19 e 21 de maio, serão transmitidas ao vivo, em inglês e português, com espaço para perguntas e mensagens dos internautas. Então, se você não está em São Paulo, acompanhe os debates e participe pela web!
PROGRAMAÇÃO COMPLETA – itaucultural.org.br/antidoto.

HAMLET EM DISCUSSÃO


Gostaria que todos os estudantes da TRUPE e demais artistas interessados, comentassem sua impressão sobre o texto a seguir:

Shakespeare disse:

“A natureza do ator vai contra a natureza, que ela é horrível e ao mesmo tempo admirável. Ele o disse em uma só palavra: Monstrous.O que é horrível, no ator, não é uma mentira, pois ele não mente. Não é um engodo, pois ele não engana. Não é uma hipocrisia, pois ele aplica sua monstruosa sinceridade em ser aquilo que ele não é, e não em exprimir o que ele não sente, mas em sentir o imaginário.”

(Hamelet, ato II, Cena II)

Profª. Thais Aguiar.

VIRADA CULTURAL 2010


A Virada deste ano terá abertura de dois cubanos do Buena Vista Social Club: Barbarito Torrese Ignácio Mazacote, e outros artistas de mais destaque que participarão do evento são Living Colour, L.A. Guns, Céu, The Temptations, Elza Soares, Titãs, Raimundos e Pitty.

Uma banda cover dos suecos do ABBA também vai se apresentar, além de André Abujamra, Toquinho, Jair Rodrigues, Big Brother & The Holding Co., uma vez integrado por Janis Joplin.

Assim como nas edições anteriores, o palco principal para shows musicais será na Praça Julio Prestes.

Uma das novidades é a criação de um palco dedicado exclusivamente ao reggae, que ficara na Barão de Limeira e trará apresentações dos jamaicanos Pablo Moses, Fully Fullwood, Clinton Fearon e Big Youth, além dos representantes brasileiros do gênero Cidade Negra e Ras Bernardo, vocalista original da banda carioca, Planta e Raiz e Tribo de Jah, entre outros.

Na Praça da Luz, dois palcos terão música erudita e apresentações de dança. Na República, palco dedicado ao samba. Nos palcos Casper Líbero, na Rua Mauá, artistas independentes, ou nem tanto, vão se apresentar. Mallu Magalhães, Karina Buhr, COMMA e Juliana Kehl estão entre eles.

Deixando um pouco a música de lado, a “Dimensão Nerd” foi criada para quem gosta de games, RPGs e HQs. Será um espaço na Praça Roosevelt com mesas de RPG e jogos de tabuleiro, live-action de RPG, parada Cosplay – com transmissão em tempo real pela internet -, e desfile de fantasias.

Veja abaixo a programação dos principais espaços da Virada Cultural 2010 e consulte a lista completa no site oficial:

http://viradacultural.org/programacao

Nas fotos: Buena Vista Social Club, Céu, Arnaldo Antunes, Cidade Negra, Mallu Magalhães, CMP22 toca Ramones.

Fonte do texto: omelete.com.br

14º FESTIVAL CULTURA INGLESA


Um festival de artes que une a produção cultural britânica ao talento e criatividade dos artistas brasileiros.

Apresenta um formato original inaugurado em 2004, no qual a cultura britânica é interpretada e recriada por artistas brasileiros das áreas de artes visuais, cinema, dança, teatro adulto e infantil. Com o patrocínio da Cultura Inglesa, os projetos escolhidos por uma curadoria de renomados jornalistas, acadêmicos e artistas das diversas áreas se transformam em 15 atrações produzidas especialmente para o festival.

É com grande satisfação que a Cultura Inglesa apresenta os resultados dessa mistura cultural.

Confira nossa programação e saiba como inscrever seu projeto nas próximas edições.

Informações: 11 3039 0537 ou festival@culturainglesasp.com.br

PROGRAMAÇÃO: http://www.culturainglesasp.com.br/14cifnovo/programacao/folder/14cifprogramacao.mmp


ESTRÉIA – TRILOGIA DEGENERADA


Um casarão, localizado no centro de São Paulo, que pertenceu à família de Santos Dumont na década de 20, virou manicômio nos anos 50, depois cortiço e uma espécie de Quartel General do crime na “Cracolândia” em 2000.

É neste espaço que se desenrola a “Trilogia Degenerada”, conjunto de peças produzidas pela Cia. Pessoal do Faroeste com estreia marcada para o dia 8 de maio, na sede da trupe.
Os espetáculos têm entrada “Pague quanto puder”, na qual o espectador contribui com a quantia que desejar.

Construído no final do século 19, no bairro Campos Elíseos, Al. Cleveland, nº 601, o “Casarão Santos Dumont” é o ambiente escolhido por Paulo Faria, diretor dos espetáculos, para mostrar as influências históricas presentes no cotidiano da população paulistana. Sempre abordando o conceito de eugenia (estudo de pureza e supremacia racial de pessoas brancas), o dramaturgo monta um trio de melodramas inspirados em mitos gregos. “Meu objetivo é aliar teatro e crítica social para refletir por que existem diferenças tão grandes num mesmo local, no qual convivem “Cracolândia” e Sala São Paulo, uma ao lado da outra”, explica Paulo.

TEMPORADA 2010
sábados e domingos:
17h Os Crimes de Preto Amaral
18h30 – Labirinto Reencarnado
20h – Re-bentos
*haverá intervalo de 30 minutos entre as peças. Podem ser assistidas individualmente ouno mesmo dia.
Local: Sede Luz do Faroeste – Al.Cleveland, 677 – Campos Elíseos
Quanto: Contribuição voluntária – pague quanto puder
Acomodações- 25 lugares (Ingressos esgotados para a estréia 08/05)
Informações e reservas: 11-3362-8883 |
E-mail:trilogiadegenerada@pessoaldofaroeste.com.br
Videoblog :: http://trilogiadegenerada.blogspot.com
*Eugenia – estudo dos agentes sob o controle social que podem melhorar ou empobrecer asqualidades raciais das futuras gerações seja física ou mentalmente. Em outras palavras, melhoramento genético.
Cia Pessoaldo Faroeste
www.pessoaldofaroeste.com.br

EUGENIO BARBA – EM SÃO PAULO 06 DE MAIO – GRATUITO


SP Escola de Teatro Traz para São Paulo Eugenio Barba

Conferência é dirigida a atores, diretores teatrais e estudantes
No dia 6 de maio, a SP Escola de Teatro traz para São Paulo Eugenio Barba, figura central no teatro mundial.

Eugenio Barba é uma exceção na história do teatro, por ter durado 46 anos no mesmo núcleo de atores que provêm de nações e culturas diversas, o Odin Teatret.

Odin Teatret e Barba abriram o caminho para uma visão autodidata que inspirou gerações de atores de todo o mundo. Toda a experiência com espetáculos, transmissão e com a invenção da “troca” (teatro como intercâmbio entre um grupo de atores em diálogo com uma comunidade específica; por exemplo, escola, prisão, hospital) serão tema da conferência de Eugenio Barba, que aborda ainda os princípios da Antropologia Teatral.

Barba trabalhou diretamente com Jerzy Grotowski durante três anos e foi responsável pela divulgação de seu trabalho no Ocidente.

Dirigiu dirigiu 65 espetáculos com o Odin Teatret e o grupo Theatrum Mundi Ensemble. Alguns deles necessitaram mais de dois anos de preparação. Entre eles estão:

Ferai (1969), Min Fars Hus (A Casa de Meu Pai) (1972), Le Ceneri di Brecht (As Cinzas de Brecht) (1980), Il Gospel Secondo Oxyrhincus (O Evangelho segundo Oxyrhincus) (1985), Talabot (1988), Itsi Bitsi (1991), Kaosmos (1993) e Mythos (1998). Algumas produções mais recentes são Sale (Sal) (2002), Grandi Città sotto la Luna (Grandes cidades sob a lua) (2003), Il Sogno di Andersen (O Sonho de Andersen)(2005), Ur-Hamlet (2006) e Don Giovanni all’Inferno (Don Giovanni no Inferno) (2006), em colaboração com o Grupo Midtvest.

Publicações de Eugenio Barba

Terra de Cinzas e Diamantes. SP: Perspectiva, 2006. Além das Ilhas Flutuantes. SP: Hucitec,1991. A Arte Secreta do Ator. SP:Hucitec,1995 edição com Nicola Savarese. A Canoa de Papel. SP: Hucitec,1994.

No dia 6 acontece a demonstração do espetáculo Tapete Voador, com a atriz Julia Varley, logo após o publico participa de uma conferência com o Diretor Eugenio Barba.

A vinda do diretor a São Paulo é uma parceria da SP Escola de Teatro com a produtora Palipalan Arte e Cultura. Barba fará conferência, também, em Porto Alegre(01 e 02 de maio) e Rio de Janeiro (04 e 05 de maio).

SP ESCOLA DE TEATRO TRAZ PARA SÃO PAULO EUGENIO BARBA

Dia 6 de maio, às 19h30Lotação: 800 lugares

Para participar o visitante deve comparecer com uma hora de antecedência – o visitante não poderá entrar após o inicio da apresentação.

Valores: GratuitoEndereço: Rui Barbosa, 153 – Bela Vista (Teatro Sérgio Cardoso)Telefone para informações: 11 2292 7988

QUE TAL UM CINEMINHA?


Alice in Wonderland

EUA , 2010 – 108 min.
Aventura / Fantasia

Direção:
Tim Burton

Roteiro:
Linda Wolverton

Elenco:
Johnny Depp, Anne Hathaway, Helena Bonham-Carter, Crispin Glover, Alan Rickman, Mia Wasilkowska, Stephen Fry, Michael Sheen, Timothy Spall

_________________________________________________________________________________

Whatever Works

EUA , 2009 – 93 min.
Comédia / Romance

Direção:
Woody Allen

Roteiro:
Woody Allen

Elenco:
Larry David, Evan Rachel Wood, Patricia Clarkson, Ed Begley, Conleth Hill, Michael McKean, Henry Cavill, Jessica Hecht, John Gallagher, Carolyn McCormick, Christopher Evan Welch

Fonte: http://www.omelete.com.br