OPORTUNIDADE RELEVANTE PARA EXPERIÊNCIA TEATRAL – Candidaten-se!!!


Estão abertas as inscrições para a terceira dinâmica Percepção e Experimentos de 2009 (PE.2009/3) – SONORIDADES : Corpo e Voz em Movimento, conduzida pela Bailarina e Diretora Corporal Virgínia Costábile e o Diretor Vocal Jaime Sebastian Lopez.

Eunice Mendes

Partindo de nossas pesquisas de corpo e voz nos lançamos no desafio de trabalhar a sonoridade do movimento e o movimento dos sons ,numa proposta de reconhecimento das possibilidades de nosso instrumento: o corpo. A proposta é de lançar estímulos que provoquem os participantes na busca de seu próprio repertório gestual e sonoro libertos de formas já conhecidas e mecanizadas.

As dinâmicas não tem custo para os participantes, só sendo necessário o envio de currículo e carta de intenção para motin07@gmail.com para participar da seleção.

Só serão aceitas as inscrições enviadas até 09 de agosto de 2009. Lembramos que todas as dinâmicas tem número limitado de vagas e que os participantes desta dinâmica deverão estar presentes aos 2 (dois) encontros previstos.
Os selecionados serão informados através de e.mail até 11 de agosto de 2009.

DINÂMICA PERCEPÇÃO E EXPERIMENTOS 2009/3 : SONORIDADES : Corpo e Voz em Movimento
Amotinados: Jaime Sebastian Lopez e Virgínia Costabile
Data: 16 e 23 de agosto de 2009
Horário: das 16 às 21 horas
Local: Espaço 2 de Artes – Sala Linneu Dias e Teatro Plínio Marcos (Rua Clélia, 33 – Shopping Pompéia Nobre – Perdizes – São Paulo)
Público Alvo: Todos os interessados na investigação do gesto e da voz enquanto expressões criativas, através da consciência corporal.
Inscrições: até 09.08.2009

Anúncios

SUCESSO ABSOLUTO DE PUBLICO!!!



“FORMARAU 2009 DA TRUPE ORTAÉTICA DE TEATRO PERFORMÁTICO”
O teatro pede passagem

Cerca de 1000 pessoas se reuniram no ultimo sábado dia 04 de Julho para celebrar o teatro social através do projeto de arte/educação desenvolvido pelo Professor Tiago Ortaet no Núcleo de atendimento Comunitário MEU GURI.
O evento titulado poeticamente de FORMARAU trouxe ao palco do Palácio do Trabalhador (Bairro da Liberdade) muito sentimento, arte, poesia e protesto.
Centenas de famílias prestigiaram as apresentações que abordaram temas importantes da sociedade; o publico muito caloroso, recebeu com aplausos as manifestações artísticas da arte comunitária produzida na Zona Norte de São Paulo.
Os atores Tiago Ortaet e Juliana Star fizeram a apresentação solene dessa grande festa teatral que foi oficialmente aberta após o discurso da Presidente da ONG MEU GURI, Sra. Elza de Fátima Costa Pereira que agradeceu a multidão presente e evidenciou o trabalho da instituição.
Em seguida o Deputado Federal Paulo Pereira da Silva (Paulinho da Força) fez um breve discurso enaltecendo as famílias reunidas nesse projeto.
Durante os intervalos de cada nova apresentação artística os apresentadores do evento informavam a platéia dados estatísticos e relatórios de importantes órgãos oficiais (ONU, UNICEF, IBGE) a respeito dos temas abordados no evento, dentre eles, os maus tratos às crianças e adolescentes, a violência doméstica, o protagonismo juvenil e o Estatuto da Criança e do Adolescente.
Chamado ao palco o Coordenador Luiz Pereira de Souza, Mestre em Arte/Educação, destacou o trabalho realizado em parceria com as famílias.
Muitos foram os vídeos artísticos apresentados no evento, havia edições de performances de rua nas mais diversas localizações de São Paulo, intervenções urbanas que refletiram sobre o ECA, ensaios teatrais, exercícios, jogos, festas e toda vivência cultural desse projeto que mobilizou tantas pessoas. Cada vídeo foi recebido pelos espectadores como uma obra de arte.
A Banda de Pop Rock “Entre Outros” abrilhantou o evento com suas canções, animando ainda mais a platéia e embalando os corações ansiosos dos que assistiam todo cerimonial artístico.
A noite ainda contou com homenagens, declamações de poesias, musicais e entrega dos certificados para os mais de 150 alunos da Trupe Ortaética.
Pessoas de todos os cantos de São Paulo prestigiaram o evento, famílias de Guarulhos, Osasco, Sorocaba, São Caetano do Sul, Santo André, toda Zona Norte da Capital Paulistana e até famílias de outros estados marcaram presença nessa festa inesquecível.
Inúmeros são os cidadãos culturais empenhados para que o evento acontecesse, pois no jogo da vida, não se joga sozinho, as realizações são por premissas coletivas.
Todas as apresentações foram sinais evidentes da importância da Arte na Sociedade e o poder de transformação que ela proporciona, sinais também de um trabalho que não se encerra depois do expediente, uma incansável realização, uma ação permanente.