MATÉRIA PRODUZIDA PELO JORNALISTA FERNANDO DO PORTAL ZN NA LINHA 2008


MEU GURI: DESENVOLVE A VIDA E VALORIZA A COMUNIDADE
Av. Guapira 920, Tucuruvi 06/Nov/2008

Imagine-se recebendo uma “injeção de alegria” na saída do Metrô depois de um duro dia de trabalho, ou então um abraço solidário de uma pessoa desconhecida e ainda por cima fantasiada. Diferente não? Pois é, estas são apenas algumas das intervenções artísticas da oficina de teatro do Núcleo de Atendimento Comunitário Meu Guri.

Trupe Ortaética alegrando o Metrô

O Programa Meu Guri é uma rede não governamental de assistência social, que atua no pré-atendimento das famílias em vulnerabilidade, ou vítimas de violência doméstica e institucional, que são encaminhadas por órgãos de proteção aos direitos da criança e do adolescente, como o Conselho Tutelar. “A idéia é que essas famílias recebam um acompanhamento diferenciado, possibilitando detectar e solucionar seus problemas com intervenções menos complexas”, afirma Luiz Pereira de Souza, um dos coordenadores do projeto.

Criado em Fevereiro de 2006, o Núcleo de Atendimento Comunitário no Tucuruvi, nasceu para atender as famílias da comunidade da região. E hoje, tendo como premissa orientar e dar apoio a essas famílias, o núcleo atende cerca de 300 pessoas por mês. São atendimentos nas áreas de assistência social, acompanhamento psicológico e na arte educação.

Estas ações, além de contribuir para o fortalecimento dos laços familiares, possibilitam o processo de emancipação e inserção social. O núcleo desenvolve também outras atividades, como no curso de costura, na oficina de teatro, com o bazar beneficente e o posto Primeiro Emprego, que presta atendimento diferenciado ao jovem que procura seu primeiro trabalho.

Núcleo de Atendimento Comunitário MEU GURI – Tucuruvi

A oficina de teatro do núcleo Meu Guri tem surpreendido os arte-educadores pelo novo formato no processo de educação e pela quantidade de pessoas interessadas. “O teatro de intervenção é muito saboroso. São pessoas comuns que querem intervir no cotidiano de maneira saudável”, disse o professor Tiago Ortaet. “Para os alunos é uma grande festa, pois estar na rua é totalmente diferente do palco”, ressalta.

Professor Tiago Ortaet Vc tem Fome d q???

A Trupe Ortaética, como carinhosamente ficou conhecida a oficina de teatro, realiza intervenções freqüentes em locais públicos, geralmente nas estações do Metrô, onde abordam temas relevantes de maneira lúdica, como: Vc tem Fome d q???; Estatuando; Campanha de Vacinação da Alegria e Abraços Grátis”, entre outros. Portanto, além de oferecer alegria a muitas pessoas, a Trupe Ortaética transforma a vida de muitas crianças.

Núcleo de Atendimento Comunitário MEU GURI – Tucuruvi
Av. Guapira 920, Tucuruvi. Fone 2201-7479

Texto: Fernando Figueiredo
Fotos: Fernando Figueiredo e projeto Meu Guri

FORMARAU 2008 no Meu Guri


***Trupe Ortaética celebrando o teatro social***

O trabalho começou na tentativa de vingar alicerces firmes para experiências cada vez mais intensas.
Sabíamos, portanto que pelo caminho alguns ficariam, pelas dificuldades, pelos problemas familiares, mas não antes sem experimentar o gosto inesquecível do teatro de rua.
Naturalmente, buscamos sempre estreitar nossa relação, como todo bom grupo, juntos resolvemos problemáticas desafiadoras e nos solidarizamos com os que precisaram de nossas ações.
Outros tantos chegavam e a juventude esfuziante estava sempre renovada!
Nos revemos a cada nova proposta de intervenção urbana, saboreamos nossas fotos, vídeos e fatos! Fomos também platéia de nós mesmos!
Em Março deste ano, demos a largada para uma corrida cultural onde a bandeirada é sempre a formação de cidadãos reflexivos e capazes de intervir no cotidiano urbano com arte.
Em 2008 foram mais de 20 eventos de Arte/Educação entre performances de rua, intervenções urbanas, cenas abertas e encontros de pesquisa. Além das aulas de linguagem cênica, dos jogos teatrais, das cenas do improviso, dos aquecimentos, alongamentos e relaxamentos, todos propositivos perante nosso objetivo maior: O teatro Social!
Foram mais de 150 participantes, divididos em 7 grupos teatrais, muita animação, troca de experiências e compartilhamento de momentos especiais… Essenciais!
No sábado, dia 06 de Dezembro de 2008, transformamos o auditório do Núcleo MEU GURI numa assembléia comunitária em comunhão cultural celebrando nossas atividades; recebemos aproximadamente 230 pessoas das 9 às 12h com muita alegria.
Foi tempo de rever as ações culturais e pensar na importância da arte como canal necessário de expressão do ser humano; esse foi o tema principal.
Convocamos a participação dos pais presentes para uma dinâmica onde metaforicamente o “papel” serviu como base de ser a representação de nossa necessidade de conviver e de se expressar…
Os pais balançaram os papéis e perceberam seus sons vibrantes; em seguida foram orientados a amassar os papéis com muita violência e força; novamente foram orientados a sacudir os papéis para cima; daí perceberam que os papéis não faziam mais barulho, não tinham mais a energia de antes… Assim se sentem as pessoas que são cerceadas em seus direitos de se expressar, de viverem em comunidade, de terem acesso aos meios culturais… De não poderem soltar sua voz, de não serem ouvidas.
Foi sem dúvida um momento reflexivo desse dia festivo.
Houveram ainda apresentações de Violino, Recital de Poesias, Homenagens, Exibição dos vídeos artísticos da trupe, entrega do amigo secreto, entrega dos certificados e comes & bebes.
O evento foi encerrado com a fala do Coordenador Luiz discursando sobre a importância da participação dos pais na vida dos filhos.
Os integrantes dessa trupe “biodiversa” se integram nas suas diferenças, idades, raças, origem, classe social, repertório cultural, tudo se mistura para formar com poesia a TRUPE ORTAÉTICA DE TEATRO PERFORMÁTICO; ambulante, retirante e itinerante.

Professor Tiago Ortaet
10/12/2008

2008 de muita ARTE!!!


Em 2008 foram mais de 20 eventos de Arte/Educação entre performances de rua, intervenções urbanas, cenas abertas e encontros de pesquisa. Além das aulas de linguagem cênica.
Foram mais de 150 participantes, divididos em 7 grupos teatrais, muita animação, arte e juventude!!!

SESSÃO CINE TEATRO I
ESPETÁCULO
“DIVAS NO DIVÔ

SESSÃO CINE TEATRO II
DOCUMENTÁRIO
“DOUTORES DA ALEGRIA”

INTERVENÇÃO URBANA
“ABRAÇOS GRÁTIS”
METRÔ TUCURUVI

PERFORMANCE
“PELA JANELA”
METRÔ TUCURUVI

INTERVENÇÃO URBANA
“SOB APLAUSOS”
METRÔ TUCURUVI

PERFORMANCE
“QUAIS SENTIDOS DO PRESENTE”
SERRA DA CANTAREIRA – ABRIGO MEU GURI

INTERVENÇÃO URBANA
“SOB CONTROLE”
METRÔ TUCURUVI

PERFORMANCE
“ABRAÇO NÃO ARRANCA PEDAÇO”
PARQUE DA JUVENTUDE – METRÔ CARANDIRÚ

PERFORMANCE
“AO VIVO”
VALE DO ANHANGABAÚ

PERFORMANCE
“ACEITO PRECONCEITO???”
METRÔ LIBERDADE

VISITA AO INSTITUTO “POMBAS URBANAS”
CIDADE TIRADENTES

IDA AO ESPETÁCULO
“A TEMPESTADE”
DE W. SHASKPEARE
TEATRO POPULAR DO SESI – AV. PAULISTA

INTERVENÇÃO URBANA
“VOCÊ TEM FOME DE QUE???”
METRÔ TUCURUVI

PERFORMANCE
“DE PASSAGEM”
METRÔ TIETÊ

PERFORMANCE
“MASSA”
MEU GURI

PERFORMANCE “ESTATUANDO”
METRÔS SÃO BENTO E SÉ

PERFORMANCE
“CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA O MAU HUMOR”
METRÔ SANTANA

EVENTO
“FORMARAU”
MEU GURI

PERFORMANCE
“EM FAMÍLIA”
METRÔ TUCURUVI

PERFORMANCE
“MISÉRIAS”
AVENIDA GUAPIRA